26 de setembro de 2008

Idéias no guardanapo

Quem nunca usou um guardanapo para escrever uma grande idéia? Um caso que ficou famoso foi a escola de design (d-school) de Stanford que começou com esse guardanapo aqui, guardado até hoje pelos idealizadores da escola e símbolo de sua visão.



Eu gosto da idéia do lápis/caneta e papel vindo antes do trabalho formal em computador. Vejo que muita gente prefere ir direto ao Photoshop e similares para fazer os primeiros esboços. Só que por mais fluência e facilidade que você tenha nessas ferramentas, nada se compara ao rabisco. Ele é mais solto, fácil e rápido que a tríade mouse, computador, software.

Tive um chefe que sempre dizia antes das sessões de brainstorm que fazíamos no escritório: "preciso de um lápis, uma folha de papel e 30 minutos". Ele era imbatível. Enquanto ficávamos alinhando elementos no PowerPoint ou imprimindo emails, ele rabiscava suas folhas quase que na velocidade do pensamento.

Esse livro Back of the Napkin (BOTN), de Dan Roam, é um guia para quem quer aperfeiçoar a arte de estruturar idéias através da linguagem visual. Visite o site, lá tem um blog com estórias legais e ferramentas gratuitas para download.



E para quem curte webdesign, o site é boa fonte de inspiração.

Nenhum comentário: