27 de janeiro de 2009

Document or Die!

Em primeiro lugar quero deixar claro que adoro o Update or Die, site muito bacana. Em segundo lugar esse posting não tem nada a ver com a natureza dos conteúdos daquele site.

Document or Die (documente ou morra) me veio a cabeça depois de ler o texto da Sarah Perez do ReadWriteWeb sobre a forma como estamos trocando experiências pessoais por uma simples foto, um vídeo ou um texto.

We immediately assume that the most important, the biggest, the most incredible moments are those that should be recorded. But it's these very moments that are best to experience live, with our full focus.




Essa foto de um dos bailes que o presidente Obama participou após sua posse em Washington ilustra bem essa questão. Por que aquelas pessoas estão tirando fotos naquele momento especificamente? Na sua maioria são câmeras amadoras ou celulares, será que a imagem vai ficar boa? Ou será que o resultado final vai ser os ombros ou a cabeça de quem está na frente?

Será que não vale mais a pena viver o momento e depois baixar as fotos do presidente de seu próprio site ou de um jornal online (que comprou a foto de alta qualidade de um fotógrafo profissional)?

Agora, suponhamos que todo esse registro seja necessário do ponto de vista pessoal. Quem se importará daqui um tempo se foram 3, 10 ou 100 fotos tiradas do Obama naquele dia? Se você conseguiu uma foto lado a lado com o presidente, claro, ai há motivo para comemorar, imprimir a foto e colocá-la na parede do escritório. No caso das demais... pura redundância.

E os concertos e shows por ai? Tem gente usando o celular e/ou câmera digital para gravar as músicas. Para que? Já não tem o mp3 no computador? Já não baixou o vídeo do YouTube? Para uma pergunta a resposta é certa: viveu intensamente os momentos? Não.

A minha experiência pessoal quanto a esse problema é muito clara. Antigamente eu levava minha câmera para tirar fotos das trilhas de bicicleta. Só que com o tempo percebi que as paisagens aqui do estado de São Paulo são as mesmas! Não muda quase nada. Claro, cada trilha tem sua peculiaridade: uma grande pedra para escalar, um tunel de trem, um lago, uma cachoeira. Ai é legal tirar fotos. Mas todo o resto, redundante.

Portanto, pessoal, let's put the camera down for a while, ok?

Um comentário:

Mariana disse...

Realmente quantas dessas pessoas estao aproveitando? Nos preocupamos tanto em gravar as imagens e mostrar para outros quando o principal é passar pelo momento e guardar as imagens na nossa cabeça.
Fotografem com moderação!