4 de abril de 2010

Suplementos alimentares

Os principais são:

Sport Drink: possuem basicamente três funções: repor a água perdida durante o exercício pela sudorese, fornecer substratos energéticos para a realização do exercício e repor os eletrólitos perdidos juntamente com a água. Contêm a combinação de: eletrólitos (potássio, magnésio, cálcio, sódio); vitaminas C e E e algumas outras substâncias envolvidas na produção de energia (carnitina, inosina e o cromo).

Multivitamínicos: são complexos vitamínicos-minerais que possuem a capacidade de suprir as necessidades de micronutrientes quando a dieta das pessoas não é capaz. Muitas vitaminas e minerais são considerados nutrientes “essenciais”. Servem de base para funções cerebrais, contração muscular, balanço de fluído e produção de energia.

Whey Protein: o suplemento de Whey Protein ou proteína do soro do leite é utilizado quando há como objetivo o ganho de massa muscular, hipertrofia ou ainda para manutenção da massa magra. É muito adequado para situações de estresses metabólicos, nos quais a reposição no organismo se torna emergencial. Deve ser ingerido em horário próximo aos treinos.

Glutamina: além de ser um aminoácido de importante função como nutriente (energético) às células imunológicas, a glutamina contribui com a função anabólica ao promover o crescimento muscular.

BCAA: apesar destes aminoácidos não serem considerados a principal fonte de energia para o processo de contração muscular, sabe-se que atuam como importante fonte de energia muscular durante o estresse metabólico. Sugeridos também para retardar a ocorrência de fadiga central, aumentar o rendimento esportivo, poupar os estoques de glicogênio muscular e aumentar os níveis plasmáticos de glutamina após o exercício intenso.

via Prólogo

Nenhum comentário: